13 de nov de 2016

Por que não usamos a fé que temos?

Jesus disse, quando esteve entre nós, que se tivéssemos fé de um tamanho de um grão de mostarda poderíamos mover uma montanha. Em outras palavras: um pouquinho de fé pode fazer bastante por nós

É lógico que o Cristo não se referia a você ganhar na loteria ou ter os seus problemas resolvidos com uma oração no fim do dia. Não, a fé não vai resolver seus problemas como mágica. 

O que a fé pode fazer por mim, então?, você deve estar se perguntando. Felizmente, eu não sei a resposta dessa pergunta. Ainda. Digo felizmente porque quero ter a oportunidade de descobrir. 

Mas o que sei, e isso é uma das coisas que a fé pode fazer por você, por mais que ela não vá te trazer roupas novas ou solucionar o problema de relacionamento que você tem com seu pai/mãe/filho(a), é que ela, a fé, pode te ajudar a suportar as piores coisas da sua vida de uma forma que a razão humana, ou as formas de expressão humana (como esse texto!), nem estão perto de entender.

A fé blinda da maldade alheia, a fé faz quem está a beira da morte continuar vivendo, a fé transforma a realidade. Tudo isso parece mais milagroso do que materializar uma roupa cara, concorda? E são, de fato, milagres (no sentido vulgar do termo). 

A fé faz isso por muitas pessoas que estão neste planeta (e, para minha alegria, já conheci algumas delas). São pessoas normais, não são anjos, não estão livres de pecados graves nem mesmo na encarnação atual. Contudo, souberam e sabem aproveitar a fé que têm, ainda que pequena como um grão de mostarda, para fazer verdadeiros milagres em suas vidas. 

A fé não vai te ajudar em futilidades. Desista. Mas no resto, em nossas necessidades reais (sejam elas físicas ou espiritais, e ressalto que físicas também, pois temos um corpo físico e estamos longe de viver além da ilusão que é o mundo material), a fé pode, sim, ajudar você a transpor problemas do tamanho de uma montanha, que parecem intransponíveis!

E na pior das hipóteses, tenha a certeza do que eu já disse mais acima: se estiver tudo ruim, difícil, doloroso, amargurado e complicado, agarra-se na fé que você tem, use-a de verdade!, pois ela o manterá forte. Depois - sempre há o depois -, enxergando melhor, vemos que nada é por acaso, nem mesmo o sofrimento. 

E a fé, assim como a verdade que nos liberta, permite-nos carregar nossa cruz de um jeito que nem a diminui ou a engradece, mas nos faz mais fortes do que a própria cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário